Número total de visualizações de página

Translate

Pesquisar neste blogue

sexta-feira, 15 de janeiro de 2016

Pitti Uomo: Meca da moda masculina.


O Pitti Uomo é sem dúvida o evento mais importante da moda masculina, não existe fashion week que lhe faça concorrência. Além do imenso trade show diversas manifestações paralelas como desfiles, instalações e show-rooms efêmeros do circuito “off” animam Florença entre 12 e 15 de janeiro.
Nesta edição o Pitti conta com mais de 1.200 marcas, entre coleções italianas e internacionais. Mais de 40% delas vem de fora da Itália e 251 expõem no salão pela primeira vez.

O espaço da exposição, tem 60.000 metros quadrados e foi dividido em 15 secções temáticas, desde alfaiataria clássica a coleções de vanguarda passando pela moda de inspiração americana, work fashion, pop fashion, militar e.t.c.
Pitti Generations é o nome e o tema das edições de inverno. Um tema que enfatiza o facto de que hoje em dia, na moda masculina, a palavra-chave é a coexistência de diferentes gerações e estilos. Uma coexistência que se vê na prática: homens maduros usando jeans e t-shirts e jovens com barbas vitorianas e com uma paixão pronunciada por looks vintage.


Os espaços em torno do tema foram concebidos para essa edição pelo arquitecto Oliviero Baldini e estão no pátio interno da Fortezza da Basso. Um dos espaços mais cool é o da exposição de objectos concebidos pela marca de design italiana Seletti em colaboração com a Toiletpaper, a revista cult de Maurizio Catelan e Pierpaolo Ferrari.
O tema “geração” também serviu de inspiração para um novo projecto digital criado para acompanhar a campanha de publicidade do salão. Usando técnicas de morphing, caras de personalidades conhecidas do mundo da moda se sobrepõem e se fundem.


Outra das grandes atracções do evento é ver pela exposição os homens mais bem vestidos do mundo no salão.
Mushi mushi ...

Sem comentários:

Enviar um comentário